Teoria das Restrições

A Teoria das Restrições – Parte 2: O que mudar?

O primeiro passo para efetuar uma mudança é ter foco, saber exatamente o que se deve mudar. Para isso, a TOC baseia-se no princípio de que a eficácia de uma entidade de produção (ou seja, a capacidade de uma organização empresarial atingir sua maior meta – ganhar dinheiro) está sempre sendo limitada por pelo menos uma restrição ou gargalo. Para Eliyahu Goldratt, um gargalo dentro de um sistema produtivo nada mais é do que um recurso cuja capacidade é menor ou igual do que a demanda alocada para o mesmo. Portanto, identificar o que mudar resume-se a identificar gargalos.

Entre os gargalos a serem identificados, Goldratt descreve três principais:

Equipamento/Maquinário: A maneira como certos equipamentos são utilizados podem limitar a capacidade de um processo.
Recursos Humanos: A falta de pessoas capazes e/ou modelos mentais ultrapassados podem gerar comportamentos que limitam um processo.
Políticas/Normas: Políticas e normas utilizadas tanto formal quanto informalmente podem atrapalhar mais do que ajudar uma empresa a atingir seus objetivos.

Quando pensamos em Sistemas, temos várias variáveis que podem determinar a performance dos sistemas:

  • Infraestrutura de rede
  • Sistemas Operacionais
  • Web Server
  • Application Server
  • O próprio Código
  • Arquitetura da Aplicação
  • Banco de dados
  • e outros…

Um exemplo prático (e bem simplista) é uma aplicação que, com 2000 usuários simultâneos começa a apresentar erros de timeout ou de aplicação (error 500). Analisando a situação, podemos perceber que o consumo do web server está baixo, o banco está com baixa utilização e o servidor de aplicações está com 100% de CPU. Obviamente, temos que melhorar o servidor de aplicações para que nossa aplicação possa ter uma melhor performance.

Porém, esta analise simplista pode mascarar um problema mais grave: a aplicação está codificada da forma correta? Uma análise mais profunda precisa ser feita no processo, na arquitetura da aplicação e na codificação para corrigir na raiz estes gargalos.